• Alda Neiva

Vestido icônico de Marilyn Monroe danificado X Kim Kardashian



Desapontada, mas não surpresa. 🥲


A polêmica envolvendo o uso do vestido icônico de Marilyn Monroe por Kim Kardashian poderia ter parado no Met Gala, quando ela perdeu 7 quilos em três semanas para caber em uma peça histórica de mais de 60 anos.


Mas como a maioria de nós já esperava, o vestido foi danificado, mesmo tendo a garantia pelos curadores e pela equipe de Kim de que todos os cuidados necessários seriam tomados para a preservação da peça.


Vale ressaltar que, apesar do local onde a peça era exposta ser uma cadeia de "museus" de excentricidades (Ripley's Believe It Or Not), isso não torna a situação menos absurda e nem o vestido menos importante.


O próprio designer Bob Mackie expressou o seu desagrado ao ver o vestido sendo usado pela socialite, acusando de ser um grande erro: "Ninguém devia ser visto naquele vestido", disse ele após o evento.


E, bem, era ÓBVIO que o tecido da peça já estava muito frágil para sustentar alguém vestindo, ainda mais porque ele foi criado especialmente para Marilyn que possuía, claramente, medidas bem diferentes da de Kim.


Não sei vocês, mas pra mim, como profissional da moda e sabendo a importância que a imagem de Marilyn tem até os dias atuais, foi quase um sacrilégio o que aconteceu, como se uma obra de arte tivesse sido danificada, afinal é uma peça única que custa mais de 5 milhões de dólares, mas possui valor simbólico inestimável.


Afinal, qual era o propósito da Kim Kardashian ao usar esse vestido? Criar polêmica, se tornar única, mostrar que com dinheiro se pode tudo?


O que vocês pensam sobre isso? Deixem aqui nos comentários.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo