• Alda Neiva

Peças que contam histórias. Você tem as suas?



Quando eu comecei a pensar nesse post, escrevi: “roupas que contam histórias”. E aí logo me lembrei dessa peça incrível aí da foto, e vi que roupa era muito pouco. Nossas histórias vão muito além do vestir.


Pensar nas peças que construíram essas histórias ajuda a ter mais clareza do que é o trabalho do consultor de moda e estilo, em especial serviços como o renove-se (limpeza do guarda roupa). Como é muito mais sobre trazer oportunidades mais legais de uso, do que sair jogando coisas fora de qualquer jeito.


Quem já fez esse serviço comigo sabe que ele é feito com muito cuidado e respeito. Bem diferente do que é mostrado nos reality shows da vida, né? Um bom profissional entende que um guarda-roupa não é um amontoado de peças, mas sim um amontoado de histórias.


Confesso que já fui mais apegada, hoje não sou mais, esse não é um problema pra mim. Mas as maravilhosas que tem dificuldade, um bom exercício a ser feito é o de ver as coisas que realmente importam e não só pela sua utilidade.


Quais peças fizeram parte da sua história, ou, como no meu caso, de outra pessoa muito especial para você? O que elas dizem sobre quem você é? É bem provável que ao pensar sobre isso você se sinta emocionada. É o que sinto quando penso nesse relógio, no vestido que produzi para a minha formatura, no meu vestido de casamento.


Vendo a importância desses itens, coloco em perspectiva coisas que realmente não fazem mais tanto sentido estar comigo. Além de me ajudar a entender que tipo de peça se parece mais com o que eu quero expressar para o mundo.


Somos cercados por referências de todos os lados todos os dias, e às vezes esquecemos das maiores de todas: nossas vivências, nossa família. Já pensou sobre as suas?

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo