• Alda Neiva

Guardar ou Doar?

Antes, confira algumas perguntas importantes para avaliar e tomar a melhor decisão.


Ainda acha que consultoria de moda é igual esquadrão da moda?


Esse post é pra você se situar e entender que não é bem assim, ainda mais quando falamos sobre consumo consciente.


Limpar o guarda-roupa periodicamente deve ser um ato de libertação e não de restrição. Escolhemos avaliar o que merece ser mantido ou não, por vários motivos, como:


- Mais auto-conhecimento. Estamos em constante movimento, analisar o nosso acervo ajuda a entender melhor quem somos através dessas escolhas. Ex.: quando você percebe que compra muito um tipo de peça que não usa, entender porque não usa.

- Consumir com mais consciência. Entendendo o que você gosta e o que não gosta e evitando acúmulos desnecessários.

- Encontrar um novo propósito para peças. Na correria do dia-a-dia fica difícil enxergar novos usos mesmo, é normal. É preciso parar para pensar com carinho, avaliando também o que está precisando.


Perceba que nenhum desses motivos envolve: se adequar a novas tendências, mudar radicalmente de estilo, comprar um arsenal completo de peças novas. Já passamos dessa fase!


Você tem esse costume já, maravilhosa? Me conta outras dúvidas sobre esse processo que eu vou te ajudar!

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Live amor próprio com Carol Rodrigues

No último domingo, participei de uma live com a @estilocarolrodrigues lá no IGTV da @crieimagem. Foi um momento muito bom, já que falamos sobre amor próprio. Acompanha um pedacinho aqui! ---- É gratif